Museu de Inhotim

Hoje recebemos uma dica incrível da artista plástica Juçara França. Aqui seguem as palavras desta nossa grande amiga:


"Preciso contar sobre o passeio que fiz a Belo Horizonte no último fim de semana. Fui conhecer o maior Museu a céu aberto da América Latina: É o Museu de Inhotim. Fomos em um grupo de 13 atistas plásticas que trabalham com arte contemporânea. Ficamos no Hotel Mercure Lourdes em BH. Muito bom mesmo. Tel. 31-3298 4100

Inhotim- Centro de arte Contempoânea, reúne obras de 57 artistas.
O Centro foi inaugurado em 2004. Em Outubro de 2006, criaram a infra-estrutura necessária e abriram as portas ao público. O diretor executivo é Marcelo Teixeira, e Adriano Pedrosa contribuiu para mostrar o acervo do museu em um livro.
Foram estabelecidas parcerias com instituições de ensino superior de Minas Gerais.
A equipe de curadores conta com Allan Schuartzman, Jochen Volz eRodrigo Moura.
O nome Inhotin teve origem na localidade onde a instituição está estabelecida, um distrito de Brumadinho, 60 km ao sul de BH. Alguns artistas possuem obra permanente.

Cildo Meireles:” Desvio para o vermelho”; “Através, ”e “Glove Trotter” .
Fiquei super impressionada com as três obras e em particular com a instalação “Através”que nos leva à observar através de algumas barreiras transparentes ou com orifícios. Amei.

Outra obra que me perturbou bastante foi a de Doris Salcedo. Um trabalho extraordinário inspirado por sua visita a Auschwitz, que consiste em uma sala “vazia” cuidadosa e meticulosamente elaborada cujas paredes foram perfuradas por um alambrado confinante. É demais.

Um pavilhão recém- inaugurado para receber a obra de Adriana Varejão. Conhecia sua obra em livros e não tinha idéia do tamanho do espaço feito em telas quadradas que lembram azulejos.
O trabalho da artista consiste em pinturas de espaços arquitetônicos.

A limpeza do museu é demais. Possui um ótimo restaurante e um bar com diversos tipos de luminárias exclusivas. Uma loja do museu com muita arte.

Outros artista com obras belíssimas nos deixaram maravilhadas. Albano Afonso, Albert Oehlen, Amílcar de Castro,Iram do Espírito Santo, Arthur Barrio, Waltercio Caldas,Burle Max, Zhang Huan e muitos outros.

Fomos ao Museu da Pampulha, Igrejinha da Pampulha com pintura de Portinari e vimos a Bienal de Grafite na Serrari Souza Pinto.
Jantamos no “A Favorita’ e visitamos a muito charmosa loja do famoso estilista mineiro, Ronaldo Fraga
Foium fim de semana divino e muito cultural . Recomendo a todos.
Entrem nestes sites e antecipem as maravilhas que poderão conhecer.
http://www.skycrapercity.com/showthread.php?t=541545-116k-
Museu Inhotim
Para maiores esclarecimentos entre em contato com Suely Cauduro
scauduro@terra.com.br
Juçara, NMW amou sua iniciativa e convidamos nossos leitores a fazer o mesmo! Participem!!!

3 comentários:

Camila disse...

Linda a arquitetura do Museu!

Anônimo disse...

Dica preciosa!
Super importante valolizar o que è nosso nao acha?

susi

CRIS MAGNÓLIA disse...

JU,

PARABÉNS PELAS DICAS..

VC COM SEU OLHAR APURADO DE ARTISTA, SEMPRE NOS SURPREENDE!!

BJO, CRIS