Juventude eterna?

Após uma sessão de rejuvenescimento em um novo aparelho que promete estimular nossas células a produzir mais colágeno (calma, minha esteticista prometeu enviar pra gente explicações sobre este tratamento), fui pra casa, liguei a tv e comecei assistir pela primeira vez 90210...Ou se preferir "Barrados no Baile - A missão"! Fiquei chocada!!! Tanto que decidi escrever sobre o assunto:
A mãe de uma das loirinhas parecia, no máximo, 10 anos mais velha que a filha...E o pior, sem nenhuma ruguinha...Super?! Não! Um horror! Porque pela primeira vez senti falta de ruguinhas de mamãe...


E o mesmo acontece em outro seriado, o Gossip Girl, que besteirol por besteirol, tem personagens com muito mais estilo do que o concorrente californiano...Mas não vem ao caso! O negócio é que senti falta delas: rugas, marcas de expressão...Aquelas que costumamos identificar em nossos pais como sinal de segurança, confiança, sabedoria...Fiquei assustada ao descobrir assim, de repente, que amo todas as ruguinhas de meus pais e que vou amar, daqui pra frente, as minhas também!
Não se trata de relaxar com os cuidados, porque vale a gente se sentir bem...Mas se sentir bem sabendo o real valor de nossas marcas para nós mesmos e para quem nos ama. Aonde será que o mito da juventude eterna que tem sido mais e mais pregado pela mídia vai parar?

9 comentários:

Claudia Pimenta disse...

oi luciana! pois é, as séries teen estão cada vez mais wrinkleless... uma pena! eu, que fui super fã do barrados original, fico tão decepcionada... acho tudo sem graça! tomara que seja apenas uma fase... bjs!

Rô Zoccal disse...

LU, ótimo post, uma questão super bem levantada. O culto a beleza está a cada dia mais tomando conta das cabecinhas de muitas mulheres e homens também. Tem gente esquecendo de cuidar do seu interior por conta da beleza! É o que você mesma disse, o cuidado com o corpo é saudável para se sentir bem, porém sabendo aceitar que envelhecemos, graças a Deus!

Beijinhos e ótimo feriado a todas!

Janeisa Tomás disse...

É verdade, a gente quando vê estes seriados e dá de cara com aquelas "caras de alface frescas" fazendo papel de mãe com cara de irmã, fica se sentindo um lixo. A sorte é que temos o bom senso de perceber que a jogada de marketing, falsa, diga-se de passagem, da juventude eterna, é só na TV. Beijos!

Anônimo disse...

Lu, acho um horror o contrário, assim como vc: uma pessoa sem ruga, sem expressão com aquele rosto "congelado" e igual a todos os outros que fizeram as mesmas plásticas, botox, preenchimentos, fio de ouro, etc etc etc. Na verdade, ficam todas com cara de morcegas! A diferença entre o remédio e o veneno é a dose...Fiquemos inteironas mas envelhecendo com dignidade- sem essa de ficar gatinha/baby para sempre! Isso é só para o Peter Pan.bjs
JU R

Laiz disse...

Eu acho que, bom, pelo menos eu vou querer esconder as rugas pq infelizmente quando ela aparecerem eu vou sentir que o meu tempo na terra ta acabando ;x quando a gente é jovem a gente vive sossegado pq sabe que ainda tem muito tempo pela frente, mas dai as rugas começam aparecer e já viu! Fica desesperada. Eu penso assim, nunca tive nada contra rugas, sempre tive mesmo é medo de viver pouco ;x

Paco disse...

Esse assunto rende muito!!
Concordo com todas..,as pessoas estao ocupadissima com a aparencia.
Todas iguais, nenhuma ruga,

siliconadas

Susi disse...

Lu, por favor delete esse comentario acima porque foi um erro meu..
beijinho

Luciana disse...

Susi, deleto se você me disser: quem é Paco?! Amei esse buldoguezinho fofo! É seu?! BJS
PS: O comentário dele foi bem pertinente...Garoto entendido de rugas..rsrsrs

Susi disse...

Luu, Paco è meu bulldog e minha paixao tbem. Fazendo mil coisas ao mesmo tempo,cliquei errado e la foi um comentario inacabado por sinal.A proposito.., ninguem entende mais de rugas do que ele vc tem razao.
bj